Um abrigo para todos. Campo Base: Serra da Estrela

.subscrever feeds

.Pesquisar no blog

 

.Posts recentes

. Vale do Rossim - Percurso...

. Uma (breve) visita aos Câ...

. Barca Hermínius - Versão ...

. Pitões das Júnias - O tri...

. PRADERA DE ORDESA - SENDA...

. Warm-Up : Torla-Broto-Tor...

. Trilho: Vale das Éguas-Na...

. Serra da Estrela - Percur...

. Trilho [S.Lousã] - Casal ...

. P.N. Peneda-Gerês - Moinh...

.Arquivo

.Tags

. 2004(5)

. 2005(6)

. 2006(4)

. 2007(6)

. 2008(7)

. 2009(6)

. ambiente(6)

. banff np(1)

. bloco de notas(21)

. escapadinha(1)

. inverno(6)

. joão garcia(4)

. memórias(6)

. neve(22)

. outono(1)

. p.n. aigüestortes s maurici(2)

. p.n. iguaçu(1)

. p.n. ordesa e monte perdido(3)

. p.n. peneda-gerês(7)

. p.n. picos da europa(1)

. p.n. serra da estrela(48)

. p.n. somiedo(1)

. p.r. serra de gredos(6)

. percursos(17)

. primavera(7)

. recantos(11)

. serra d'arga(1)

. serra da lousã(1)

. serra do marão(1)

. vale do rossim(1)

. vale glaciar do zêzere(4)

. vall de núria(1)

. verão(6)

. todas as tags

Quinta-feira, 14 de Setembro de 2006

Warm-Up : Torla-Broto-Torla

 Às portas de um dos mais belos Parques Nacionais de Espanha - Ordesa e Monte Perdido - situa-se a pitoresca aldeia de Torla [aprox. 315 hab]. Esta aldeia [1010 m] é um autêntico postal....vielas estreitas, casas de pedra, a torre da igreja....eu diria mesmo que já esteve nos sonhos de grande parte dos amantes da montanha!

.

P.N.Ordesa Monte e Perdido :: 08_08_06 :: Vista de Torla

.

Dada a sua localização, é fácil perceber que Torla é um ponto de partida, passagem e chegada de inúmeras rotas e percursos que nos levam a conhecer o magnífico parque onde se insere.

Hoje vou publicar um pequeno percurso, muito simpático, descontraido e ideal para um aquecimento para as grandes rotas clássicas da zona: Torla - Broto - Torla.

.

Caracterização: Este percurso, uma alternativa ao alcatrão utilizada ainda hoje pelas povoações de Torla e Broto [que no seu decorrer possuem terrenos de cultivo], desenvolve-se ao longo do rio Ara, permitindo uma união perfeita com a natureza. De verão, devido às árvores e à proximidade do rio, é bastante fresco.

Tipo de Percurso: "Circular"
Dificuldade: Mt Baixa.
Distância:  5,2 Km
Tempo: Aprox. 60 min
Desnível subida: 120 m 
Ponto de Partida/Chegada: Torla
Imagem do site: http://www.vallebroto.com  / trajecto Broto-Torla
.

DescriçãoNão existem muitas mais considerações a adicionar ao que foi dito anteriormente e que as fotografias seguintes nao esclareçam. Acrescentaria apenas que o início do trilho é feito pelo lado direiro do final do parque de estacionamento.

Ordesa Monte e Perdido :: 08_08_06 :: Torla-Broto

Ordesa Monte e Perdido :: 08_08_06 :: Torla-Broto

Ordesa Monte e Perdido :: 08_08_06 :: Torla-Broto

publicado por refúgio da Montanha às 22:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 4 de Agosto de 2006

Trilho: Vale das Éguas-Nave da Mestra-Vale do Rossim

Tal como referi no último post, o refúgio da Montanha foi explorar a zona das Penhas Douradas…para isso foi delineado um trajecto com base na variante T11 (da GR T1 - consultar o livro do PNSE “À descoberta da Estrela”) que poderá ser observado no seguinte mapa.
 
Caracterização: Rota extremamente interessante, decorrendo sempre acima dos 1300 m de altitude, que nos permite observar várias espécies de fauna e flora perfeitamente adaptadas à altitude..muitas delas únicas no país.

Tipo de Percurso: Linear
Dificuldade: Baixa (Verão).
Distância: Aproximadamente 10 Km
Tempo: Aprox. 5 h
Desnível ac: 550 m (mas "muito suaves"!)
Ponto de Partida/Chegada: Casa Jones(Vale das Éguas) / Vale do Rossim(barragem)
 
Descrição:(sem entrar em muitos pormenores...porque este trilho tem de ser descoberto por cada um)
Chegados às Penhas Douradas, é bastante fácil de encontrar a estrada que nos leva até ao Vale das Éguas (Já agora podem também visitar o Fragão do Corvo) – sugiro que estacionem nas imediações da Casa Jones. Chegados a este Vale (que no verão é bastante cobiçado por famílias e grupos para fazer pic-nics) somos “guiados” por um estradão de terra batida que nos irá guiar até as primeiras marcas de trilho (como se pode ver na imagem do post anterior).
Ah, junto ao Vale das Éguas, momento ainda para observar o singular “Seixo Branco”(afloramento de quartzo).
P.N.S.E. :: 01_08_06 :: Algures na variante T11
Continuando pelo trilho, ora com marcas vermelhas ora com montinhos de pedras, vamos descobrindo por entre as penhas paisagens de rara beleza, avistando de um lado as serras espanholas e do outro lado a lagoa do Vale do Rossim (por exemplo).
P.N.S.E. :: 01_08_06 :: T11 (ao fundo a lagoa do Vale do Rossim)
 
Ao longe é avistado o marco geodésico perto do curral dos Martins. Depois de passarmos este local, surge a Nave da Mestra...peculiar a estreita fenda que nos leva directamente ao seu cervunal (Uma mochila larga pode ter dificuldade em passar….nada como ir à volta!
P.N.S.E. :: 01_08_06 :: Fenda (Nave da Mestra)
 
A nave da Mestra é sem dúvida um local paradísiaco (Vila Herminius…), e ideal para almoçar junto às margens do seu riacho.
O caminho de regresso foi feito por um trilho “quase” paralelo, derivando mais tarde para a Lagoa do Vale do Rossim onde iria terminar e bem esta caminhada (ver novamente o mapa)
publicado por refúgio da Montanha às 19:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 9 de Julho de 2006

Serra da Estrela - Percurso Pedestre Para Deficientes

Tal como publiquei à algumas semanas atrás o Parque Natural da Serra da Estrela (PNSE) assinala 30 anos de existência, dia 16 de Julho. No âmbito das comemorações os Percursos Pedestres vão ter uma atenção especial...aqui fica um artigo que faz referência a um Percurso Universal para os lados do Vale do Rossim!!!

"Segundo Fernando Matos, o trajecto pedestre denominado «Percurso Universal», tem uma extensão de 600 metros, desenvolve-se no Vale do Rossim e está sinalizado de maneira a que possa ser percorrido por pessoas portadoras de deficiência a nível físico e visual.

«São percursos preparados, para que possam ser feitos por pessoas com alguma incapacidade, que de outra maneira não poderiam fazê-los», adiantou.

Com a criação deste género de percurso pedestre, o ICN - Instituto de Conservação da Natureza possibilita que as pessoas deficientes também desfrutem do ar livre e do contacto com a natureza, segundo Fernando Matos.

As comemorações dos 30 anos do PNSE também incluem a realização de seis percursos pedestres, dirigidos à população em geral, com início - entre as 08:00 e as 09:00 - em diferentes locais da área protegida - concelhos da Guarda, Celorico da Beira, Gouveia, Seia, Covilhã e Manteigas.

Com uma duração de entre duas e três horas, as caminhadas estão limitadas a cerca de duas dezenas de participantes e serão acompanhadas por um técnico ou um vigilante do PNSE que dará indicações «sobre os valores naturais» existentes nos sítios por onde vão passando.

Fernando Matos adiantou à agência Lusa que o PNSE optou por comemorar o aniversário desta forma, porque «para além de divulgar a Serra da Estrela em termos de valores naturais, pretende-se também sensibilizar as pessoas para o turismo de natureza, para o turismo pedestre».

O PNSE, com sede em Manteigas, distrito da Guarda, foi criado em 1976, abrangendo uma área de 101.060 hectares dos concelhos de Guarda, Celorico da Beira, Covilhã, Seia, Gouveia e Manteigas."

in Diário Digital / Lusa

publicado por refúgio da Montanha às 14:07
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Junho de 2006

Trilho [S.Lousã] - Casal Novo-Castelo-Casal Novo

No seguimento do último Post, onde falei sobre a serra da Lousã, nomeadamente sobre as suas aldeias serranas, proponho um pequeno mas interessante trilho obrigatório para quem quer conhecer e desfrutar desta serra.

Percurso: Circular

Desnível Acumulado: N/D

Dificuldade: Fácil

Ponto de Partida/Chegada: Como se trata de um percurso circular pode também ser efectuado a partir do Castelo (mais fácil para estacionar o carro). De qualquer forma a minha descrição inicia e termina na aldeia de Casal Novo.

Mapa: clique Aqui

Fotos/Informação adicionalAqui

 

Casal Novo (550-500 m - Ver mapa para saber como chegar), em plena serra da Lousã, é uma das aldeias de xisto mais bonitas e bem conservadas...é um local óptimo ficar e a partir daqui realizar nao só este mas outros trilhos pela Lousã. . O núcleo central da aldeia está disperso ao longo das escadas[onde se encontra uma fonte fresca mesmo no verão] que a atravessam e que terminam num espectacular miradouro (Ver no final do Post )!

A partir de Casal Novo [550m], junto à estrada de terra batida, continuamos por esta mesma estrada até encontrar-mos outra aldeia serrana (esta talvez mais conhecida): Talasnal [500m].

No Talasnal podemos mais uma vez observar uma típica aldeia serrana e imaginar como seria viver em plena harmonia com a natureza.  Se não estou em erro existe aqui um pequeno café ou restaurante. 

 

Deixamos definitivamente a estrada de terra batida e descendo até ao fim da aldeia, encontramos com relativa facilidade um caminho de pé posto que nós levará até ao Castelo. Este caminho é ideal para observar a fauna e flora que caracteriza esta Serra. Continuando sempre sempre a descer vamos passar pela hidroeléctrica e por fim chegamos ao castelo.

Serra da Lousã :: 19_08_03 :: Rib. S. João

 

O caminho de regresso é feito segundo as indicações, passando o rio onde encontramos as piscinas naturais (de verão é um local muito frequentado!) e um parque de merendas. Tal como podemos ver no mapa, vamos encontrar um cruzamento: o caminho para Casal Novo (a verde) segue pela direita enquanto que o caminho da esquerda (a preto) no leva de novo ao Talasnal.

 

Serra da Lousã :: 19_8_03 :: Miradouro - Casal Novo 

 Antes de Regressar a Casal Novo, ainda temos de superar algumas subidas de forte inclinação, mas nada que a paisagem do Miradouro de Casal Novo não ajude a recuperar!!

publicado por refúgio da Montanha às 18:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

P.N. Peneda-Gerês - Moinhos e Regadios

Para além do P.N. da Serra da Estrela, Portugal apresenta um conjunto muito interessante de Serras e Parques para todos os amantes da natureza...

Entre eles, o primeiro nome que me vem à memória é o do Parque Nacional Peneda-Gerês, não pela sua dimensão ou altitude, mas sim pela sua beleza...aquele tom verde que de forma única caracteriza toda a região do Minho...  

Uma das portas deste Parque é a vila de Terras de Bouro, que tem mostrado nos últimos anos algum interesse em cuidar do seu património natural. E foi precisamente uma dessas iniciativas que em 2004 me chamou à atenção e me fez rumar a este Parque....a criação da rede de Trilhos Pedestres na Senda de Miguel Torga

Hoje deixo aqui algumas fotos de um desses trilhos: Moinhos e Regadios. Não vou tecer muitos mais comentários a este projecto nem a este trilho, pelo simples facto de a Autarquia de Terras de Bouro ter criado, e bem, um site com TODA a informação necessária [mapas, descrição, duração...etc, etc]. Para aceder ao Site clique Aqui!

P.N.Peneda-Gerês :: 27_03_04 :: Chamoim [ lagoa ]

 

P.N.Peneda-Gerês :: 27_03_04 :: Prados e o Gado [ zona de Chamoim ]

P.N.Peneda-Gerês :: 27_03_04 :: Geira Romana

P.N.Peneda-Gerês :: 27_03_04 :: Moinho de Água

P.N.Peneda-Gerês :: 27_03_04 :: Panorâmica [algures na zona do Espigão] 

...e depois destas fotos, acho que as únicas palavras necessárias são: "A não Perder!"

publicado por refúgio da Montanha às 15:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Refúgio da Montanha

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Links