Um abrigo para todos. Campo Base: Serra da Estrela

.subscrever feeds

.Pesquisar no blog

 

.Posts recentes

. Live Webcam: Manteigas - ...

. Um ano depois...

. Orientação nas Penhas Dou...

. Férias: À Descoberta da E...

. Retalhos

. João Garcia conquista Man...

. Olhares sobre a montanha ...

. Esqui!

. Olhares sobre a montanha ...

. Neve fresca!

.Arquivo

.Tags

. 2004(5)

. 2005(6)

. 2006(4)

. 2007(6)

. 2008(7)

. 2009(6)

. ambiente(6)

. banff np(1)

. bloco de notas(21)

. escapadinha(1)

. inverno(6)

. joão garcia(4)

. memórias(6)

. neve(22)

. outono(1)

. p.n. aigüestortes s maurici(2)

. p.n. iguaçu(1)

. p.n. ordesa e monte perdido(3)

. p.n. peneda-gerês(7)

. p.n. picos da europa(1)

. p.n. serra da estrela(48)

. p.n. somiedo(1)

. p.r. serra de gredos(6)

. percursos(17)

. primavera(7)

. recantos(11)

. serra d'arga(1)

. serra da lousã(1)

. serra do marão(1)

. vale do rossim(1)

. vale glaciar do zêzere(4)

. vall de núria(1)

. verão(6)

. todas as tags

.Contador

Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Plantadas primeiras bolotas no PNSE

"Plantar bolotas na área ardida do parque

Desde ontem que está em marcha uma das maiores campanhas de reflorestação jamais lançadas na Serra da Estrela. A tarefa parece faraónica, mas para plantar um milhão de carvalhos - como se designa a iniciativa - nas zonas ardidas nesta área protegida nos últimos anos, a Associação dos Amigos da Serra da Estrela (ASE) conta com todos, especialmente os mais novos, através das escolas, e os visitantes do parque natural. Até Março, a colectividade promotora tem disponíveis milhares de bolotas para os interessados.

A acção arrancou simbolicamente numa encosta do Vale do Zêzere, ardida no Verão de 2005, com a plantação de 900 sementes por quatro dezenas de alunos de Manteigas, a que se juntou o secretário de Estado do Ambiente. Humberto Rosa sublinhou que esta campanha é "coincidente com alguns relatórios técnicos de avaliação, minimização e recuperação da serra da Estrela", que sugerem a plantação de espécies autóctones folhosas. "Isto vai permitir que o parque natural tenha mais floresta de conservação e de prevenção, pois o carvalho resiste ao fogo e é disso que precisamos", considerou, acrescentando que a iniciativa pode aplicar-se "em qualquer parte do território nacional".

Quem está optimista é José Maria Saraiva, vice-presidente da ASE, ao admitir que "plantar 300 mil carvalhos até Março já será uma vitória". O objectivo é contribuir para minimizar os riscos da erosão, aumentar a capacidade de retenção de água nos solos, manter e fomentar a sustentabilidade dos recursos naturais e da biodiversidade, para além de garantir a continuidade da actividade pastoril, de melhorar a paisagem e de promover o turismo.

Esta campanha vai ter o apoio da Força Aérea Portuguesa, que, em Dezembro, disponibilizará um helicóptero para transportar sementes para as zonas de difícil acesso do parque. LM
"

in Jornal de Notícias Online / 04_11_06

publicado por refúgio da Montanha às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

.Refúgio da Montanha

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Horas

.O Tempo

.Links

blogaqui?
Campo4
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.